Como funciona o câmbio? (parte 1)

Quando você descobre a magia de viajar para fora do Brasil, uma das primeiras palavras que vem em mente é “câmbio”. E agora? Como fazer? Qual é a melhor forma de converter e a melhor moeda para levar?

Eu já passei por isso e sei bem como é. Então resolvi trazer opções para facilitar sua vida. Vamos lá?

No mundo, as moedas mais aceitas são o Dólar Americano (US$) e o Euro (€). E, para complicar um pouquinho, ainda tem a Libra (£).

Por essa razão, aqui no Brasil, você irá encontrá-las com certa abundância nas casas de câmbio.

Fique atento: No caso do Reino Unido, embora esteja localizado ao centro da Europa, a Libra (£) é a moeda oficial. Nas ex-colônias do Reino Unido, como Hong Kong e diversos países da Ásia, a Libra é, geralmente, a melhor opção.

Mas como chegar a melhor conversão?

Opção 1 – DIY (Faça você mesmo)

Você pode consultar o valor do Dólar Turismo nos sites de informação. Tipo UOL, ou baixar os aplicativos  o Dólar Comercial ou Euro e nos sites XE Currency, Exchange Rates ou Oanda.

Fique atento: Adicione R$0,15 (quinze centavos), em média, para cada Dólar / Euro / Libra e não se esqueça de incluir no seu cálculo, o Imposto sobre operações financeiras, o IOF, que poderá ser de 0,38%, para dinheiro em espécie (papel / moeda) ou de 6,38% para a modalidade “travel card” (cartão Visa, Master ou Amex com a função débito ou pré-pago).

Esse será o preço final a pagar.

Exemplos:

  • Com a cotação do Dólar em 15/04/2017, para cada US$1,00 em espécie, devemos calcular da seguinte maneira: R$3,28 (cotação do Dólar) + R$0,01 (0,38% de IOF, arredondando para cima) = R$ 3,29;
  • Com a cotação do Euro em 15/04/2017, para cada €1,00 em espécie, devemos calcular da seguinte maneira: R$3,50 (cotação do Euro) + R$0,21 (0,38% de IOF, arredondando para cima) = R$ 3,51;
  • Com a cotação do Dólar em 15/04/2017, para cada US$1,00 em cartão, devemos calcular da seguinte maneira: R$3,28 (cotação do Dólar) + R$0,22 (6,38% de IOF, arredondando para cima) = R$ 3,50;
  • Com a cotação do Euro em 15/04/2017, para cada €1,00 em cartão, devemos calcular da seguinte maneira: R$3,50 (cotação do Euro) + R$0,01 (6,38% de IOF, arredondando para cima) = R$ 3,72;

Pronto! Agora, você tem uma noção de quanto vale cada Real seu.

Opção 2 – Casas de câmbio

Faça uma busca na internet e veja qual a cotação média da moeda que deseja nas casas de câmbio. Uma dica de site é o melhorcambio. Nele, a cotação já inclui o preço final, com IOF.

Procure uma casa de câmbio de sua preferência. No Rio de Janeiro e Grande Rio, a DG Câmbio e Turismo geralmente é a melhor opção (Confiável, menor preço, tudo pelo site e com delivery).

Fique atento: Nunca faça câmbio com desconhecidos ou na rua. Além de você correr o risco de adquirir notas falsas, também é crime contra o Sistema Financeiro Nacional (Lei 7492/86).

Uma dica bem legal é sempre levar com você o recibo da casa de câmbio. Pois, se alguma autoridade no Brasil ou no exterior exigir a comprovação da origem do dinheiro, você deverá mostrá-lo.  

Para entrar ou sair do Brasil com mais de R$ 10.000,00 (ou equivalente em moeda estrangeira), a Receita Federal exige o preenchimento, pela internet, de uma Declaração Eletrônica de Bens de Viajantes (e-DBV).

Então, ficou mais fácil entender como fazer câmbio para viajar para os Estados Unidos, Europa e Reino Unido?

Viajando para outros países

E agora? Dólar, Euro, Libra ou o próprio Real? Qual moeda utilizar?

Algumas moedas, seja pela proximidade (Argentina, Uruguai, etc), seja pela importância do país (Austrália, Canadá, Japão, etc) são encontradas nas casas de câmbio do Brasil. Contudo, dificilmente será vantajoso adquiri-las aqui.

Nesse caso, não temos muitas opções. O jeito é buscar na internet sites de casas de câmbio do país onde for viajar (uma excelente dica para os principais países do mundo é o travelex) e fazer as contas:

Exemplo:

(Viagem para Austrália)

Moeda Local: Dólar Australiano (AUD)

R$ 1,00 =  AUD 0,421

R$1,00 = US$ 0,31

R$1,00 = € 0,29

R$ 1,00 = £0,25

US$ 1,00 =  AUD 1,37 

€ 1,00 = AUD 1,49

£1,00 = AUD 1,78

R$ 1,00 = AUD 0,421

R$1,00 = US$ 0,317 x AUD 1,37 = AUD 0,434

R$1,00 = € 0,297  x AUD 1,49= AUD 0,442

R$1,00 = £0,248 x AUD 1,78 = AUD 0,441

Já vimos que você não vai achar Dólar Australiano aqui no Brasil com uma boa cotação e dificilmente será vantajoso trocá-los no destino, pois o Real não é uma moeda forte por lá.

Então, com os cálculos feitos, observamos que o mais vantajoso é levar Euro, isso se você for pra lá sem escalas ou fizer escalas na Europa.

E em todo país que você pretender ir, você deverá fazer esses cálculos!

E na América do Sul?

Os únicos lugares onde a nossa moeda é extremamente bem aceita são a Argentina e o Uruguai, nossos vizinhos mais próximos. Nas capitais Buenos Aires e Montevidéu (e outras cidades grandes), algumas lojas, restaurantes, pedágios aceitam pagamentos em Real com uma cotação até interessante.

O custo x benefício faz valer a pena pelos seguintes motivos:

Como a Argentina e Uruguai fazem fronteira com o Brasil, o fluxo de viajantes a turismo ou negócios é muito alto. Por isso, há grande disponibilidade de nossa moeda por lá. E, como a economia do Brasil é mais forte, o Real se torna mais aceito nesses dois países.

Fique atento: Não se confunda. Embora o Real seja uma moeda forte, não espere poder transitar pela América do Sul somente utilizando essa moeda. Hábito que muitos viajantes desenvolveram, ao transitar com o Dólar Americano, por exemplo. Apesar de ser um pouco mais valorizado, sempre faça as contas para ter a certeza se é melhor levar Real, Dólar ou Euro!

UFA! Agora que entendemos como as moedas e cotações funcionam, precisamos saber se vale mais a pena transitar com dinheiro em espécie ou utilizar cartões. E falaremos sobre isso no próximo post.

E, pra você que prefere curtir a sua viagem, ao invés de gastar horas calculando moedas, a VMVS possui um pacote ideal para as suas necessidades!
Fale conosco e confira!

Até mais!